Cantinas Escolares

Como é a cantina na escola de seu filho?

Hás opções saudáveis ou somente alimentos gordurosos e açucarados?

Sucos ou somente refrigerantes?

Como podem ser os lanches escolares? 

As cantinas escolares são locais de acesso aos nossos filhos e que na grande maioria das vezes oferece às crianças alimentos sem grande valor nutritivo (salgadinhos, frituras, balas, doces, refrigerantes). Promover a educação, a saúde e o bem estar de seus alunos, é também um dever da escola.

É muito comum observarmos que as crianças não levam mais seus lanches preparados em casa, mas têm a liberdade de fazer isso nas cantinas escolares. Mas  criança gosta de “junk food”* (consultar nos post desse site, artigo sobre junk food) e não tem medida na ingestão desse tipo de alimento.

O ideal, é que as escolas tivessem cantinas com opções saudáveis de lanches, para que as crianças adquirissem o hábito e a preferência por esse tipo de alimento.

Em minhas palestras nas escolas e associações, sempre toco nesse assunto porque considero que as crianças merecem e precisam ser bem orientadas em suas escolhas alimentares, o que vai se refletir em sua saúde.

Educar dá trabalho e, repito, é um ato de amor. Por isso, que os pais busquem um maior entendimento com a escola de seus filhos e, melhor ainda, possam conscientizá-lo de suas melhores escolhas.

Protejam seus filhos. Embora esses alimentos os alegrem momentâneamente, com certeza não são bons para sua saúde.

Lanches escolares: o que deve ir nas lancheiras?

O lanche escolar saudável é uma grande dificuldade na alimentação infantil. É difícil para a mãe unir praticidade com qualidade e é difícil a criança aceitar o que a mãe escolheu. Muitas vezes o prático não é o mais saudável, mas são o que as crianças mais adoram. E esses alimentos passam a ser consumidos com mais frequência. Hoje nós encontramos um grande crescimento da obesidade infantil. E com certeza a alimentação escolar influencia bastante.

Mas tudo tem um jeitinho. Existe um meio termo para essa dificuldade. Seguem algumas dicas que podem ajudar:

- negociar um dia na semana para a criança escolher o que preferir levar de lanche. De preferência no meio da semana para ficar distante do final de semana que já entram alguns abusos na alimentação;

- evitar monotonia de opções. Procure variar o máximo possível as opções de lanches, as cores e os sabores para a criança sentir prazer e desejar comer;

- cuidado com lanches que vão queijos, frios, requeijão, ou iogurtes, ou produtos que necessitem de refrigeração. São alimentos fáceis de estragar e dificilmente as escolas têm um refrigerador para armazenar o lanche;

- sempre coloque uma fruta na lancheira. Mas deixe com que a criança participe da escolha de qual fruta ela quer levar no dia. Se ela não quiser nenhuma, escolha frutas que não estragam com facilidade e envie junto na lancheira. Se a criança não comer na escola, ela comerá em uma outra oportunidade;

- Sempre pergunte dos lanchinhos dos colegas. Assim ficará mais fácil identificar quando o seu filho comeu algo do amigo. As trocas de lanches escolares são comuns, mas para crianças com obesidade isso pode agravar mais o ganho de peso;

 - Além da fruta é necessário levar uma opção de carboidrato que são responsáveis pela energia. Coloque na lancheira pães integrais, ou bisnaquinha integral, ou barras de cereais, ou biscoitos integrais.

- as geléias de frutas e polenguinho são boas opções de passar no pão por não precisarem de refrigeração;

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 31 outros seguidores

%d bloggers like this: