Vitaminas e sintomas do trato urinário inferior em homens

 Sintomas do trato urinário inferior (STUI) são problemas comuns entre homens e estão associados com redução na qualidade de vida. Os sintomas incluem problemas de micção (intermitente, jato urinário fraco) e de armazenamento (urgência urinaria, freqüência), os quais são sinais de hiperplasia prostática benigna (HPB). Os mecanismos fisiopatológicos podem ser inflamação, dano oxidativo e tônus do sistema nervoso simpático que podem ser influenciados por fatores de estilo de vida, tais como atividade física, obesidade e dieta.

Neste contexto, acredita-se que certos micronutrientes (particularmente carotenóides e vitamina C) poderiam influenciar STUI pela sua capacidade de prevenir o dano celular mediado pela oxidação e também de influenciar o crescimento e proliferações celulares. Contudo, estudos têm mostrado que altas doses de suplementos antioxidantes estão associadas com efeitos adversos na saúde e que altas doses de vitamina C alteram a composição da urina contribuindo desta forma para o desenvolvimento de sintomas urinários tal como a urgência urinária. 

Neste contexto, para testar a hipótese de que a ingestão de carotenóides, vitamina A e vitamina C está inversamente associada com STUI total, bem como sintomas de micção e de armazenamento, pesquisadores conduziram uma analise multivariada em 1466 homens entre 30 e 79 anos na pesquisa Boston Area Community Health Survey (2002–2005). Foram coletados dados por entrevista e Questionário de Freqüência Alimentar (QFA) validado. Os STUI de moderado a severo foram definidos usando o American Urological Symptom Index.

No geral, homens que consumiram maior quantidade de licopeno, beta-caroteno, carotenóides totais ou vitamina A tiveram redução de 40–50% no risco de desenvolver STUI comparado com o menor quartil de consumo. Interações foram observadas entre ferro e vitamina C ou beta-criptoxantina, as quais tiveram associações inversas com STUI, particularmente os de micção.

As altas doses de suplementação e vit C total foram positivamente associadas com STUI (suplemento de vit C ≥ 250 mg/d). Uma interação entre beta-caroteno e tabagismo indicou maior risco de desenvolver STUI. Concluindo, isto sugere que a modificação no consumo de carotenóides e vitamina C pode influenciar STUI em homens e que o consumo de suplementos pode agravar o risco de desenvolver STUI.

Por essas e outras razões já expostas nesse site, a suplementação tem que ter um acompanhamento e orientação profissional adequadas. A alimentação bem orientada, salvo em situações específicas, é perfeitamente capaz de suprir todas as necessidades do organismo humano. Muitas vezes, a suplementação quando desnecessária, pode trazer danos à saúde.

Fonte:

MASEREJIAN, N.N. et al. Dietary, but not supplemental, intakes of carotenoids and vitamin c are associated with decreased odds of lower urinary tract symptoms in men. J. Nutr., v.141, p.267–73, 2011.

Levine M, Rumsey SC, Daruwala R, Park JB, Wang Y. Criteria and recommendations for vitamin C intake. JAMA, v.281, p1415–23, 1999.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: