Saúde na Melhor Idade

 

A Nutrição na melhor idade é tão importante como é para qualquer um de nós levando-se em conta as necessidades do momento. Sua alimentação não é muito diferente da alimentação normal. É importante basicamente para conservar uma vida saudável, sem provocar a diminuição ou o aumento do peso.

O intestino precisa funcionar sempre regularmente. É através dele que eliminamos o que foi descartado pelo organismo e que não pode ficar acumulado dentro dele.

Para isso é necessário:

a) Ingerir diariamente alimentos ricos em fibras, que facilitem o funcionamento intestinal, lembrando-se que a ingestão de água também é necessária, pois as fibras necessitam de água:

– verduras cruas devidamente higienizadas: alface, almeirão, agrião, rúcula, escarola.
– frutas cruas como laranja (c/ bagaço), mamão, banana nanica, pêra (c/casca e muito bem higienizadas).
– frutas secas (ameixa, uva passa).
– legumes: abobrinha, abóbora, cenoura, vagem, quiabo, jiló, etc.
– cereais integrais: arroz, pão integral, aveia.
– farelo e germe de trigo (com frutas, leite, sucos, feijão).

b) Tomar de 6 a 8 copos de água (muito importante) e líquidos ( chá, leite ou suco de frutas). Não ingerir durante o almoço ou jantar para que o líquido não ocupe o espaço no estômago que o alimento deveria ocupar e atrapalhe ainda a digestão, a não ser no final da refeição, meio copo de suco de laranja, por exemplo, para aumentar a absorção do Ferro.

c) Realizar diariamente atividades leves: as caminhadas são boas, desde que não sejam com sol forte ou extremamente cansativas.

d) Evitar o uso constante de laxante, pois o organismo pode se acostumar, e somente funcionar quando for usado.

Outras dicas:

Para facilitar a digestão, deve-se dividir as refeições em pequenas quantidades (em média 5 a 6 por dia – café da manhã, lanche da manhã ou colação, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia). As refeições da noite devem ser bem leves para que não interfira no sono.

Moderar o consumo exagerado de sal, pois pode causar o aumento da pressão arterial e a retenção de líquidos (inchaço).

Não ingerir muito açúcar, massas, doces para evitar excesso de peso e fermentação. Prefira as frutas como sobremesa. Além de facilitarem o funcionamento do intestino são ricas em vitaminas e minerais. As frutas cítricas facilitam a absorção de Ferro.

Ingerir alimentos ricos em ferro, tais como:  carnes magras e sem gordura aparente, aves sem a pele (retirá-la antes do preparo) e peixes para evitar a anemia, mas sempre de olho no colesterol elevado. Por isso, evite as frituras, carnes gordas e de porco, assim como seus derivados (linguiças, salsichas, presuntos). Dê preferência aos mais leves como os derivados de frango e peru, mas sempre tomando cuidado com o sal.

Para que os alimentos sejam melhor aproveitados, precisam ser bem mastigados, não esquecendo os cuidados com próteses muito gastas ou mal ajustadas. Mesmo assim, não deixar de comer carnes, legumes, verduras e frutas. As carnes podem ser picadas, desfiadas, moídas ou batidas no liquidificador. Os legumes e as verduras cruas podem ser picadas ou adicionada aos sucos de frutas. As frutas mais “duras” podem ser assadas ou cozidas com casca.

Se tiver dificuldade na mastigação ou deglutição de pedaços, toda a alimentação normal poderá ser passada no liquidificador como uma sopa ( arroz, feijão carne e legumes) ou tudo muito bem cozido com consistência pastosa.

Deve-se dar preferência à utilização de óleos vegetais no preparo e cozimento de alimentos (óleos de canola, soja, de milho, girassol) sempre em pequenas quantidades. Evitar o uso de manteiga ou margarinas nesse preparo.

A ingestão correta de alimentos ricos em cálcio e a vitamina D previnem problemas nos ossos e fraturas com facilidade. Portanto, a ingestão diária dos alimentos ricos nesses nutrientes, é indicada: leite, ovos, queijos, coalhadas, carne, peixe e aves vegetais de folhas verdes escuras. Para o aproveitamento da vitamina D é indispensável tomar sol diariamente (alguns minutos e em horários de sol menos forte como pela manhã cedo).

Para garantir o recebimento de todas as vitaminas é necessário ter uma alimentação variada e colorida. É claro que existem as individualidades e a orientação para cada caso é diferente. Para isso, a orientação de uma nutricionista seria de grande valor.

No mais, saúde e vida longa a todos os de boa vontade!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: