Refrigerantes adocicados artificialmente e risco de partos prematuros

Estudo prospectivo de coorte, realizado com grávidas dinamarquesas, avaliou a relação entre o consumo de refrigerantes artificialmente adocicados e o risco de partos prematuros. O estudo foi publicado no The American Journal of Clinical Nutrition (AJCN) e mostrou que o consumo diário destes refrigerantes parece aumentar o risco de parto prematuro.

 Refrigerantes adicionados de açúcar já foram associados a vários efeitos adversos à saúde, principalmente ao ganho de peso exagerado. Já os refrigerantes com adoçantes têm sido vistos como uma alternativa de consumo. Entretanto, a segurança do uso dessas bebidas por mulheres grávidas ainda foi pouco estudado.

Pesquisadores da Dinamarca conduziram um estudo prospectivo de coorte em que analisaram 59.334 grávidas do Danish National Birth Cohort e a ingestão de refrigerantes durante a gravidez e associaram este consumo ao risco de parto prematuro (antes de 37 semanas de gestação).

Nesses resultados, foram observados esses riscos, tanto em mulheres com peso normal, quanto naquelas acima do peso.

 Não foram observadas alterações no risco de parto prematuro relacionados aos refrigerantes com açúcar. O ganho de peso nestes casos não foi objetivo do estudo.

Para mais esclarecimentos, novas pesquisas nesta área precisam ser realizadas para que se confirmem cientificamente essas suspeitas.

Fonte: The American Journal of Clinical Nutrition, volume 92 de setembro de

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: