Vitmina A e sua importância em nossa vida

A vit. A, assim como a primeira letra do alfabeto, foi assim designada, por ter sido a primeira substância identificada como fator essencial do organismo.

Foi denominada em sua forma pura de retinol em razão de sua função específica na retina do olho. É insolúvel na água e solúvel em gorduras, rapidamente degradadas pela luz, pelo oxigênio e pelos ácidos.

A vit A desempenha funções básicas no organismo. Atua no crescimento, na visão, na integridade estrutural e funcional dos epitélios, no processo de reprodução, sobre os dentes, na síntese proteica e sobre as membranas.

A falta dessa vitamina provoca queratinização (endurecimento) das mucosas do trato digestório, alimentar e urinário, dificultando a barreira protetora de infecções desempenhada por essas mucosas.

Ela também tem uma função importante no que se refere a imunidade, além da proteção das mucosas citada acima. É que essa vitamina tem participação na síntese dos linfócitos T, células importantes do nosso sistema imunológico. É importante também registrar seu papel na diferenciação celular de células reprodutivas, especialmente na espermatogênese e mais recente e promissor, seu papel anticancerígeno, antioxidante.

Suas principais fontes são: fígado, leite, manteiga, ovos, queijo, abóbora, cenoura, pimentão, frutas amarelo-alaranjadas (caqui-canela, laranja, manga, mamão, pêssego, etc.), tomate, vegetais verde escuros, etc. Ela é facilmente armazenada no organismo e por isso, pode ter efeitos nocivos quando em excesso.

Conseqüências de sua Deficiência

Indivíduos com falta ou insuficiência de vitamina A podem apesentar:

  • Problemas no crescimento;
  • Problemas oculares, como ressecamento das glândulas lacrimais, xeroftalmia e cegueira noturna (em casos mais graves, ulceração da córnea, podendo progredir até chegar à cegueira irreversível por destruição do globo ocular!);
  • Pré-disposição a infecções das vias respiratórias e a cálculos renais, bem como a outros tipos de doenças;
  • Visão deficiente à noite (hemeralopia) ou sensível à luz (fotofobia);
  • Redução do olfato e do paladar;
  • Problemas na formação celular, como a hiperplasia (multiplicação descontrolada das células) e a metaplasia (perda da forma celular).

Causas da Deficiência

  • Falta de amamentação ou interrupção precoce do processo de amamentação (o leite é uma importante fonte de vitamina A, principalmente para os bebês);
  • Insuficiência de alimentos ricos em vitamina A na dieta;
  • Baixa ingestão de gordura (lembre-se, vitamina A é lipossolúvel, logo a gordura desempenha papel importante na manutenção desta em seu corpo);
  • Infecções freqüentes (muitas doenças, além de causar a perda de apetite, fazem também com que seu corpo exija quantidades mais altas de vitamina A a fim de se proteger, reduzindo assim suas reservas, podendo então agravar ainda mais o quadro se não for reposta);

Conseqüências de seu Excesso

Indivíduos que ingerem grande quantidade de vitamina A (seja por alimentos, seja por suplementos) podem apresentar:

  • Dores de cabeça, tonturas e náuseas;
  • Ressecamento de pele e fissura nos lábios;
  • Dores nos ossos e nas articulações;
  • Problemas no crescimento;
  • Falta de apetite, cansaço, irritabilidade e sangramentos.

 Alimentação correta é o equilíbrio entre a ingestão dos alimentos-fonte e seus nutrientes. Por isso a orientação do nutricionista é importante.

Anúncios

Etiquetas:, , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: