E aí, meu avô só comia com banha de porco e morreu com 102 anos!!

É muito comum ouvirmos de muitas pessoas que seus avós só cozinhavam com banha de porco e viveram 100 anos, que comiam de tudo sem se preocupar e agora é um “pode, não pode” irritante, que as refeições eram fartas e numerosas e ninguém era gordo, que quase ninguém fazia ginástica e havia disposição, etc, etc. Por isso resolvi escrever um pouquinho a respeito disso, fazendo um paralelo entre as épocas e o modo de vida das gerações em questão.

 

Comparação entre o padrão de vida do homem há 45 ou 55 anos atrás e o homem de hoje:

Padrão homem anterior Padrão homem hoje
Andava-se muito a pé Anda-se quase nada a pé(ônibus,carro,moto,metrô)
80-90% das pessoas era magra Mais de 68% tem excesso de peso
Subia mais escadas Sobe de elevador
As Tvs eram raras TVs, computadores,vídeo games são abundantes em todos os lugares (o
homem fica mais tempo sentado)
As pessoas eram obrigadas a ir aos Bancos, cias de eletricidade, empresas para resolverem seus problemas e pagar suas contas Se faz quase tudo por telefone ou internet
As amizades eram presenciais, os amigos visitavam e eram visitados As amizades são virtuais
As compras eram trazidas pelas pessoas comuns carregadas pela mão até em casa A maioria faz compras e leva de carro, ou manda entregar em casa, ou as faz pela internet
Alimentação
Os alimentos eram frescos Alimentos congelados
Os alimentos eram naturais Alimentos industrializados
Os frangos eram alimentados com milho e cresciam em seu tempo natural Os frangos são alimentados com rações adicionadas de hormônios e crescem
para abate em tempo abreviado
As plantações eram orgânicas As plantações utilizam muitos defensivos agrícolas
Os poucos alimentos industrializados tinham pouco ou nenhum aditivo
químico
Os industrializados têm muitos aditivos químicos
Comia-se gordura sólida Não se deve comer gorduras sólidas
Havia pouca informação Há informações em abundância
Bebidas eram sucos naturais e água.Refrigerantes só em ocasiões especiais Refrigerantes são habituais

E aí, deu para entender o porquê de nossos avós cozinharem com banha de porco e terem vivido mais, melhor e sem câncer? Eles tinham menos agressões em seu meio ambiente, faziam mais exercícios (olhe uma fotografia do centro da cidade dessa época, com bastante movimento e observará que todos eram magros não se acha obesos porque obesidade era rara) e não se estressavam tanto correndo   atrás da vida ou se apavorando com a multidão de informações negativas ouvidas e “assistidas” todos os dias, o dia inteiro. Dormiam mais e menos intranquilos. A violência era rara e restrita a poucos lugares. O respeito às leis e autoridades eram inquestionáveis. A realidade mudou, a vida mudou, a educação
mudou. Nosso mundo é diferente e a adaptação a uma mudança tão drástica foi necessária e alguns ainda ficam meio incrédulos. Passamos do lápis atrás da orelha para a informatização e leitura ótica. Dos carros duros de direção para os carros que “falam”, passamos da necessidade de se perguntar um caminho ao GPS, dos discos de vinil ao MP3, ao pen drive.

Somos então obrigados a nos preocupar mais com a saúde e a alimentação, praticar exercícios não é mais uma opção mas uma obrigação e a vigilância quando saímos de casa não pode deixar de existir.

Mas foram só coisas ruins? Não, claro que não. Quantas coisas têm facilitado nossa vida, quanto conhecimento chega até nós praticamente em tempo real; quão próximos podemos estar daqueles que estão do outro lado do mundo; quantos avisos e notícias e negócios podem ser realizados através do celular enquanto estamos na rua ou em um restaurante; quantas brigas são
evitadas entre os casais porque o marido se recusa a parar o carro e perguntar o caminho.

Quantas aulas podem ser assistidas de casa virtualmente, quantas coisas encontramos com facilidade através da Internet. Pensando bem, como foi possível a vida sem essas coisas?

A vida moderna é boa, prática e extremamente informativa. Só que temos o preço da vigilância a pagar. Vigilância da família, da saúde, do trabalho, da segurança, da confiança.

Boa semana para todos!

Anúncios

Etiquetas:, , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: