Você tem fome ou vontade de comer pela ansiedade?



Muitas vezes confundimos a sensação da fome. Nossa tendência, quando estamos tensos, ansiosos ou frustrados, é compensar esses sentimentos com alguma coisa. Para uns é bebendo ou usando drogas, para outros comprando e ainda outros comendo. Buscar conforto na comida para suprir frustrações e tristezas é uma atitude bastante comum, mas será que sempre percebemos essa atitude?

Quando isso acontece, geralmente, o que se procura é açúcar: doces, chocolates, biscoitos, pães, algum tipo de massa. A explicação já foi dada inúmeras vezes aqui no blog, em várias matérias. O açúcar atinge rapidamente a corrente sanguínea promovendo uma sensação de prazer e bem estar, através da liberação de serotonina. Essa “transposição” para o alimento pode até proporcionar algum prazer, mas ele é momentâneo, passageiro e vem sempre seguido de frustração, o que pode desencadear mais um processo semelhante.

Para ficar mais claro, a fome significa um desejo de alimento que está associado a várias sensações objetivas. Numa pessoa que está sem alimento há várias horas, por exemplo, tem-se a sensação de um vazio grande no estômago; o estômago pode apresentar contrações rítmicas denominadas contrações de fome. Essas contrações podem causar dores e a pessoa fica mais tensa e com mal estar. Pode ter dores de cabeça, tonturas, etc. Já a ansiedade, gera apenas uma voracidade por mastigar, por comer para compensar uma sensação ou sentimento de frustração. É diferente e com atenção é possível identificar uma ou outra.

Nesse círculo vicioso de comer para compensar, frustrar e comer outra vez,  a pessoa vai ingerindo de forma desordenada, alimentos muito calóricos e que podem desencadear processos inflamatórios no organismo e daí algumas doenças como a hipercolesterolemia, hipertrigliceridemia, hipertensão, intolerância a insulina, diabetes, etc.

Mas como controlar isso?

  • Primeiro, não coma por impulso, mas fique atento ao que você está comendo e por que está comendo. Essa prática, vai fazer com que você identifique com mais facilidade o que é ansiedade e o que necessidade de alimento ligado realmente a fome.
  •  Alimente-se a cada 3 horas, totalizando de 5 a 6 refeições diárias, isso manterá seu corpo abastecido e não dará aquela sensação de fome exagerada, embora sua ansiedade esteja buscando alimento.
  • Quando tiver esse impulso, beba água e procure distrair-se com outras atividades.
  • Não tenha guloseimas ou petiscos ao seu alcance.  Substitua-os por 1 fruta, frutas secas, cookies só integrais, barras de cereais ou iogurtes. Essas são opções mais saudáveis e menos calóricas.
  • Procure adotar uma alimentação saudável e equilibrada, baseada em cereais integrais, frutas, verduras e legumes – de preferência orgânicos – para garantir o fornecimento de todos os nutrientes necessários como vitaminas, minerais, gorduras, carboidratos e proteínas;

Nosso organismo sempre reage, em condições normais a estímulos externos portanto, cuidado com o seu estilo de vida, seus hábitos alimentares. Eles podem definir seu estado de saúde.

Anúncios

Etiquetas:, , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: