Algumas questões comuns em relação à segurança alimentar

Qual a diferença entre intoxicação e infecção alimentar?

Na intoxicação, a contaminação ocorre após a ingestão de alimentos que já contêm toxinas produzidas por microorganismos, os quais podem atacar a parede  intestinal. Já na infecção, os microorganismos patogênicos são ingeridos com os alimentos contaminados, e passam a produzir toxinas após entrar no organismo da pessoa afetada.

Os sintomas de intoxicação aparecem rapidamente (algumas horas após a refeição). Quanto às infecções, o período de incubação é mais longo (alguns dias), uma vez que os germes necessitam de tempo para se multiplicar no aparelho digestivo. No entanto, é importante observar que a pessoa afetada tanto por intoxicação como por infecção pode contaminar outras através de suas fezes.

O que é contaminação cruzada?
É todo o tipo de contaminação que ocorre quando misturamos produtos crus de origens diferentes ou quando permitimos que produtos já cozidos entrem em contato com produtos crus. Assim sendo, alguns cuidados devem ser tomados a fim de se evitar a contaminação cruzada, como jamais misturar carne de frango com carne bovina, por exemplo, ou utilizar a mesma tábua de cortar carne que se utilizou no frango cru para se cortar o frango cozido. Do contrário, há riscos de proliferação microbiana e de enfermidade.

O processo de congelamento é suficiente para destruir os microrganismos?

Não. O congelamento, em geral, apenas impede que os microrganismos se multipliquem. A maioria das bactérias, as quais sobrevivem em baixas
temperaturas, voltam a se multiplicar quando fora destas condições.

Como devo descongelar carnes cruas?

Deve-se descongelar completamente a carne antes de cozinhá-la, a fim de que o calor penetre no interior do produto, em quantidade suficiente para eliminar os microrganismos patogênicos que representam um fator de risco para a saúde.

Por que o ideal é que processo de congelamento seja rápido?

Porque os cristais de gelo que se formam lentamente danificam as células do alimento, alterando suas propriedades. Isto significa que quanto mais rápido o alimento for congelado e quanto mais devagar for descongelado, melhor será o resultado final.

Alimentos preparados no microondas podem ser prejudiciais à saúde?

Até o momento não foi observada nenhuma reação química provocada pelas microondas que ocasionasse problemas à saúde.
Já em termos microbiológicos, existe uma agravante: o aquecimento não é bem distribuído, ficando menos quente em certas partes do produto, o que dificulta a destruição de microrganismos patogênicos.

http://www.segurancaalimentar.ufrgs.br

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: