Suplemento alimentar e sua saúde

Muito tem se falado em suplemento alimentar e mais do que isso, muito se tem receitado também. Mas o que vem a ser exatamente suplemento alimentar?

Eles foram criados para suprir carências nutricionais, oriundas de estados específicos como forma de manter ou restaurar o equilíbrio em organismos sujeitos a grande desgaste: em atletas de alto nível, doenças graves, deficiências metabólicas ou situações especiais como a gravidez, lactação, pré-operatórios, por exemplo.

Uma pessoa que não se encontre nessas situações especiais não é necessária a suplementação, salvo se verifique, por um inquérito alimentar feito por um nutricionista, que exista carência de algum nutriente necessário ao equilíbrio do organismo. Mas isso somente acontecerá por intermédio do nutricionista e não por indicação de alguém que não seja um profissional competente para esse fim. Um estilo de vida equilibrado, com alimentação adequada, exercícios físicos, pouco estresse e boas horas de sono garantem todos os nutrientes necessários para a manutenção da saúde. No
entanto, o que percebemos é a procura pelos suplementos alimentares ou nutricionais de forma abusiva, sem uma indicação adequada.

As vitaminas, minerais, aminoácidos, ácidos graxos, fibras e outros compostos supostamente capazes de acelerar ou restaurar as condições ideais de funcionamento do corpo humano, estão incluídos nos suplementos alimentares. No entanto, eles têm funções específicas para cada caso e quando administrados sem necessidade real ou inadequadamente, podem romper o equilíbrio do organismo e trazer consequências para a saúde. Por isso, o ideal, repito, é consumir os suplementos alimentares a partir da indicação de um médico ou nutricionista. Esses profissionais podem orientar quanto ao tipo, quantidade e tempo que um suplemento nutricional deve ser ingerido.

Mas não é o que acontece. Praticantes de esporte em geral ou simplesmente praticantes de atividade física, buscam utilizar suplementos alimentares, sem orientação competente e, principalmente, sem necessidade. Isso pode representar, além do desequilíbrio do organismo,  um desperdício de energia e dinheiro e ainda sem alcançar os resultados esperados.

Alguns casos são ainda mais graves, como o uso de esteróides e anabolizantes. Anabolizantes são hormônios, sintetizados para tratar de pacientes que sofrem de deficiência de testosterona. Sua ingestão em pessoas que não estejam sofrendo dessa deficiência trazem conseqüências desastrosas para o organismo. É bom lembrar que hormônios são substâncias poderosas produzidas pelo corpo humano e regulam todo nosso funcionamento, agindo sobre vários órgãos e interagindo com outros hormônios produzidos pelo corpo. Alterar desnecessariamente uma dessas engrenagens causa muitos e variados problemas. Além disso, utilizar, compartilhar ou vender anabolizantes sem prescrição médica é ilegal.

Busque sempre um nutricionista para orientá-lo.

Anúncios

Etiquetas:, , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: