Atividade física e a criança hoje

O crescente processo de urbanização, a especulação imobiliária, o excesso de veículos nas vias públicas, o extraordinário crescimento da violência, têm determinado intensas restrições à atividade física na infância. Uma criança hoje gasta em média 600Kcal diárias a menos do que há 50 anos atrás. As atividades passaram a ser dentro de quatro paredes; uma criança assiste hoje, em média, a 27 horas de TV  por semana já sendo substituído pelo computador – isso corresponde a sua principal atividade só sendo ultrapassada pelas horas de sono. Essas mudanças, de imediato, já se refletem na elevação dos índices de obesidade na infância em todo o mundo e outros riscos.

As conseqüências da diminuição da atividade física (AF) e uma alimentação inadequada para a saúde do homem, são nefastas e bem conhecidas: maior risco de ateroesclerose e suas conseqüências (angina, infarto do miocárdio, doença vascular cerebral), aumento da obesidade, da hipertensão arterial, do diabetes, da osteoporose, das dislipidemias, da doença pulmonar obstrutiva crônica, da asma, da depressão, da ansiedade, além de aumento do risco de afecções osteomusculares e de alguns tipos de câncer (colo e de mama).

Para a criança, os estudos em relação à atividade física são escassos e as respostas à essa questão ainda não muito evidentes. Três grandes vantagens da atividade física em crianças têm suporte em estudos científicos:

1) as crianças são mais saudáveis: têm menos excesso de peso, apresentam  melhor performance cardiovascular, menos recorrência de IVAS (Infecções das vias Aaéreas superiores) e um número menor de crises de asma, além de apresentarem uma maior densidade óssea;

2) esses efeitos são transferidos à vida adulta. As doenças crônicas da vida adulta têm as suas raízes na infância. O processo de aterogênese principia no início da vida;

3) manutenção do hábito na vida adulta. Vários estudos indicam que crianças e adolescentes que se mantém fisicamente ativos apresentam uma probabilidade menor de se tornarem adultos sedentários.

Os benefícios não precisam vir necessariamente de exercícios físicos rigorosos, bastando serem moderados, contanto que praticados de maneira regular. Segundo o American College of Sports Medicine (ACMS) e o Center for Disease Control (CDC), todas os indivíduos,  devem desenvolver 30 minutos de atividade física de moderada a intensa atividade, durante a maioria (cinco dias) ou, preferencialmente, todos os dias da semana.

O melhor exercício é aquele que se pode fazer regularmente. A atividade física para crianças não pode ser punitiva e nem necessariamente competitiva, mas sempre prazerosa. Adesão é fundamental. O hábito da atividade física deve perdurar por toda a vida, pois os estudos também apontam inúmeras vantagens para o idoso, principalmente na manutenção de sua aptidão física. Dessa forma, o exercício físico regular pode prolongar a vida, torná-la mais saudável e alegre.

A atividade física vem sendo recentemente listada como um dos principais indicadores de saúde. A Organização Mundial de Saúde (OMS) vem estimulando a participação dos profissionais de saúde, familiares (atividade física começa em casa) e a comunidade (colégio, associações, prefeituras, igrejas, etc), para que programas de estímulo à AF sejam desenvolvidos. Algumas sugestões tem sido apresentadas:

  • Reduzir o número de horas gasto com TV, vídeo-game e computador;
  • Estimular a participação dos estudantes em competições esportivas;
  • Reforçar as aulas de educação física nas escolas;
  • Exemplo dos pais;
  • Alimentação adequada.

Os benefícios da atividade física regular e contínua são irrefutáveis. Infelizmente, no nível de atenção primária à saúde, os profissionais de saúde ainda não têm dispensado a atenção necessária ao tema. A sua promoção deve fazer parte dos cuidados de rotina para o bem estar da criança e do adulto. Ser fisicamente ativo desde a infância, apresenta muitos benefícios, não só na área física, mas também nas esferas social e emocional, e pode levar a um melhor controle das doenças crônicas da vida adulta.

Etiquetas:,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: