A riqueza antioxidante dos alimentos arroxeados

A alimentação colorida tem sido indicada por todos os profissionais ligados à nutrição de alguma forma. E existe fundamento para essa prescrição. Necessitamos de vitaminas e minerais, além de carboidratos, proteínas e gorduras, para fazer nosso corpo funcionar adequadamente. Cada alimento possui um grupo diferent de nutrientes e por isso a alimentação precisa ser variada e colorida.

As antocianinas e as protoantocianinas, por exemplo, são importantes antioxidantes no combate aos radicais livres, atuando em vários sistemas biológicos, como na proteção da oxidação do LDL-colesterol e prevenção da aterosclerose, da catarata e da degeneração macular (que podem levar à perda progressiva da visão) e da senilidade e perda de memória que acompanham o envelhecimento;

São pigmentos responsáveis por uma variedade de cores de frutas , flores e folhas que variam do vermelho-alaranjado ao azul. São da classe dos flavonóides.

Estudos demonstraram que elas são antioxidantes mais potentes do que a vitamina C e a vitamina E.

O importante é conhecer os alimentos fontes destas substâncias e incluí-los sistematicamente na sua alimentação:

– Uvas escuras (rosadas, pretas), cereja, amora, framboesa, ameixa, jabuticaba, jamelão, açaí, romã, cassis, mirtilo, repolho roxo, berinjela com casca, jabuticaba, entre outros.

Os benefícios são muitos:

  •  Possuem propriedades anticancerígenas, antiinflamatórias e imunoestimulantes;
  • Protegem e estimulam a reparação dos tecidos ricos em colágeno (proteína responsável pela firmeza e elasticidade da pele e parede dos vasos); portanto, previnem e combatem as rugas, melhoram a circulação periférica e fortalecem os vasos sanguíneos, prevenindo equimoses, varizes, fragilidade capilar e derrames;
  •  Diminuem a produção de histamina, sendo útil em processos alérgicos.

A jabuticaba, curiosamente, é uma fruta silvestre 100% brasileira, típica da Mata Atlântica. As antocianinas estão presentes na casca, muitas vezes desprezada ao se consumir a fruta. Recomenda-se utilizar a fruta fresca (a casca e a polpa) para se preparar um suco, batendo-as com água no liquidificador e coando-se antes de ser ingerido. Deve-se sempre tomar os sucos frescos para evitar a oxidação dos nutrientes. A casca da jabuticaba é rica também em pectina, fibra solúvel que, entre outros benefícios, atua na regulação dos níveis glicêmicos e lipídicos.

Nossa saúde está na natureza e os alimentos são importantes fontes de saúde. Mas devem ser escolhidos e preparados com responsabilidade, para que possam produzir os resultados esperados, levando-nos a uma vida com qualidade e longe das doenças.

Etiquetas:, , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: