Alimentação da criança no primeiro ano de vida


Muitas queixas chegam por e-mail de mães cujos filhos amados não querem aceitar alguns ou muitos alimentos. Mas a introdução de novos alimentos no primeiro ano de vida deve ser feita de forma adequada para que as necessidades nutricionais de cada fase sejam satisfeitas.

O melhor momento para começar a usar uma colher será quando seu bebê puder sentar-se com algum apoio e puder mexer a cabeça para participar do processo de alimentação. Este momento geralmente ocorre entre os 4 e os 6 meses de idade. Mas o ideal é que o leite materno seja o único alimento até os 6 meses. À partir daí, os sucos de laranja lima, as papas de frutas, e depois as sopinhas até chegar aos sólidos devem ser introduzidos, aos poucos.

Tipos de alimentos sólidos

Apenas um alimento novo deve ser dado de cada vez e não mais de três itens novos por semana. Devem ser macios e de fácil manuseio.

Carne e outras proteínas

Aos 7 ou 8 meses de idade seu bebê deve estar pronto para comer carnes e outras proteínas nas sopas ou em purês.  Frango e carne vermelha devem ser alternados dia sim, dia não.

Outra dica é colocar algo que o bebê já esteja acostumado na ponta da colher, como banana amassada ou outra fruta. Muitos bebês, a principio, rejeitam os alimentos de sal, e esse truque fará com que ele se habitue aos poucos.

Legumes e verduras devem ser acrescentados à sopinha, colocando-se aproximadamente um total de 3 a 4 variedades por refeição. Caldinho de feijão, juntamente com a sopinha, também é muito nutritivo e rico em ferro.
As claras de ovos, o trigo, o chocolate, os peixes podem apresentar maior possibilidade de produzir alergias, mas há controvérsias sobre isso. Evite colocar estes alimentos na dieta de seu bebê até que ele tenha 1 ano de idade, especialmente se ele tiver outras alergias. Vísceras, como fígado de boi ou de galinha, também só devem ser introduzidos na dieta por essa idade.

Comece a usar a colher aos 6 meses de idade. Coloque o alimento no centro da língua. Algumas vezes o bebê empurrará a comida, mas aos poucos você irá acertando a posição ideal.

Algumas crianças seguram a colher enquanto estão se alimentando. É preciso distrair estas crianças com alimentos que se comem com as mãos ou dar-lhes uma colher para brincar. Aos 15 ou 18 meses de idade, a maioria das crianças já pode se alimentar por si mesmas, usando uma colher e não precisam da ajuda dos pais, que devem apenas supervisionar a alimentação.

Os alimentos para comer com as mãos devem ser pequenos, poucos e macios. Eles podem ser oferecidos entre os 9 e 10 meses ou quando a habilidade desenvolver-se.

Alimentos bem macios e fáceis de partir com as gengivas, já que os dentinhos são ainda poucos, são bons para oferecer a essa idade, mas toda a atenção é pouca, já que muitas vezes grandes pedaços podem ser arrancados, levando o bebê a se engasgar. Outro alimento que ajuda muito, principalmente para “coçar” as gengivas, são os alimentos duros, como pão (casca) ou biscoitos.

 Lanche

Uma vez que seu bebê comece a fazer 3 refeições ao dia, ou a comer em intervalos de 5 horas, talvez você precise de pequenas merendas entre as refeições. As maioria das crianças inicia este padrão entre os 6 e 9 meses de idade.  Recomendam-se frutas e cereais secos.

Alimentação da casa

Seu filho deverá comer os mesmos alimentos que você come, quando ele tiver aproximadamente 1 ano de idade. Isto pressupõe que sua dieta seja balanceada e que você corte cuidadosamente qualquer alimento difícil de mastigar. Evite os alimentos com os quais a criança possa engasgar-se como cenouras cruas, doces, chocolate, nozes e pipocas.

No curso de nossas vidas precisamos de ferro na nossa dieta, para evitar a anemia. Certos alimentos são boas fontes de ferro. As carnes vermelhas, os peixes e as aves, o feijão, a soja são as principais fontes. Algumas crianças só comem carnes brancas e com baixo teor de gordura. Com dito acima, essas carnes não devem ser dadas diariamente; O ferro também pode ser encontrado em cereais enriquecidos, nos feijões de todos os tipos, gemas de ovos, chocolate, etc.

Vitaminas

As vitaminas adicionais não são necessárias, depois que seu filho completar 1 ano de idade e estiver comendo uma dieta balanceada. Só são importantes nos primeiros meses, para suprir alguma deficiência alimentar, já que a totalidade das vitaminas não está presente. Por exemplo, sucos, como o de laranja, ao qual você pode acrescentar outras frutas aos poucos, na quantidade diária de cerca de 200 ml, supre as necessidades de vitamina C das crianças. Vitaminas e suplemento de ferro só devem ser dados se o pediatra receitar. É muito mais saudável receber as vitaminas de forma natural do que medicamentos.

Etiquetas:, , , ,

2 thoughts on “Alimentação da criança no primeiro ano de vida

  1. Janaína 31/10/2012 às 1:31 pm Reply

    Olá, meu filho tem 1 ano e 1 mês e não quer mais comer feijão, nem puro nem com outra comida misturada. O que posso fazer?? Grata

    • Olá amiga,
      Você não relatou se essa rejeição é a qualquer feijão (carioquinha, manteiga, branco,etc). Mas há outras leguminosas como a lentilha, ervilha, grão de bico. De qualquer maneira, não desista, mas volte a incluir o feijão na alimentação dele, seja só o caldo inicialmente, seja misturadinho em alguma preparação, mas não desista de apresentar o feijão. Deixe uns dias, apresente, deixe mais uns dias, apresente novamente e assim por diante. A criança muitas vezes rejeita um tempo, mas depois volta a aceitar. Um grande abraço.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: