Frutas oleaginosas

frutos_secos

As frutas oleaginosas são alimentos ricos em nutrientes, como ácidos graxos insaturados, fibras, sais minerais, tocoferóis, fitoesteróis e compostos fenólicos. Apesar do alto valor energético, em virtude da composição de ácidos graxos, as oleaginosas podem influenciar beneficamente a saúde humana.

Fazem parte do grupo de frutas oleaginosas as amêndoas, avelãs, castanha-de-caju, castanha-do-Brasil (ou castanha-do-pará), nozes, pistache, entre outras.

Os fitoquímicos encontrados nas frutas oleaginosas têm sido associados com propriedades antioxidantes, anti-inflamatórias, anti-proliferativas, ações antivirais, quimiopreventivas e hipocolesterolêmicas.

Estudos epidemiológicos demonstram que o consumo de frutas oleaginosas está associado com a redução da incidência de doença cardíaca coronariana, cálculos biliares e diabetes tipo 2. Já os estudos clínicos de intervenção demonstram que a ingestão >15g/dia de frutas oleaginosas pode reduzir o colesterol, estresse oxidativo, inflamação, pressão arterial e adiposidade visceral. Assim, torna-se cada vez mais evidente que as frutas oleaginosas têm impacto benéfico sobre vários fatores de risco cardiovasculares. Neste sentido as diretrizes da American Heart Association recomendam a ingestão de 30 gramas por dia de oleaginosas, sendo 15 gramas de nozes, 7,5 gramas de amêndoas e 7,5 gramas de avelãs.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: