Meu filho não come 2 – uso de suplementos

crianaquenocome

Muitas vezes a alimentação dos filhos se torna um fardo pesado que exige paciência, tempo e persistência. Por isso, muitos problemas alimentares não dizem respeito à relação direta com o alimento, mas são decorrentes de conflitos oriundos das relações intra familiares que acontecem no âmbito alimentar.

Por essa razão, freqüentemente, é observado o pedido dos pais (avós e cuidadores) para a prescrição de estimulantes do apetite, juntamente com suplementos vitamínicos e minerais. A ânsia de que seu filho coma, e o receio da desnutrição e doenças “por falta de resistência”, assustam os responsáveis. É claro que uso de estimulantes do apetite tem o seu lugar, mas a utilização deve ser cuidadosa, criteriosa e refletir o entendimento da origem, e não apenas servir como um paliativo na substituição de uma adequada investigação de cada caso e um diagnóstico, ou mesmo da alimentação convencional.

Outro aspecto é o da indicação de suplementos vitamínicos à criança seletiva (https://lenitamunhoz.wordpress.com/2014/03/07/meu-filho-nao-come/). Uma investigação realizada com escolares indianos cujo padrão alimentar era monótono e com inadequações de cálcio, ferro, zinco, vitamina A, riboflavina, acido ascórbico e folato mostrou que tanto a suplementação medicamentosa como a fortificação alimentar favoreceram melhoria do estado geral de saúde.

Os pais que procuram os profissionais da área da saúde esperam, de modo geral, algo além da tranqüilização; querem sugestões práticas que facilitem seu dia a dia, e que levem seu filho a comer adequadamente, de acordo com suas expectativas. Observamos e entendemos a angustia dos pais, mas também precisamos elucidar que determinados comportamentos por parte desses pais, não favorecem a melhora do quadro, que por vezes, nem é tão preocupante. Além disso, a pesquisa e diagnóstico nem sempre são tão rápidos e com resultados tão imediatos.

Por isso, a avaliação de cada caso deve ser feita com cuidado e de forma criteriosa por um bom profissional que explicará a esses pais cada etapa do tratamento e das atitudes a serem tomadas, além da necessidade da prescrição de suplementos ou não.

Etiquetas:, , , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: