Informações Úteis para Crianças

Lanche escolar: o que colocar nas lancheiras?

A necessidade das mães de trabalhar fora de casa, e o pouco tempo que pode ser dedicado aos filhos, obriga, na vida moderna, a se optar pela praticidade. Mas nem sempre o prático é o mais indicado ou o mais saudável, acarretando assim consequências na vida e na saúde das crianças.

O lanche escolar saudável é uma grande dificuldade na alimentação infantil. É difícil para a mãe unir essa praticidade à qualidade dos alimentos, assim também como é difícil a criança aceitar as escolhas da mãe . Muitas vezes o que é mais fácil  de se providenciar, não é o mais saudável, mas geralmente é o que as crianças vão aprendendo a gostar. Assim, esses alimentos passam a ser consumidos com mais frequência e se tornam os preferidos pelas crianças.

 Outros exemplos disso são o Miojo (macarrão instantâneo que tem uma grande quantidade de calorias porque ele é frito antes do empacotamento) e os nuggets, tão ricos em gordura saturada.

 Hoje nós encontramos um grande aumento do número de casos de  obesidade infantil. E com certeza a alimentação escolar influencia bastante.

Seguem algumas dicas que podem ajudar:

– Negociar um dia na semana para a criança escolher o que  levar de lanche. De preferência no meio da semana para ficar distante do final de semana que já entram alguns abusos na alimentação;

– Evitar monotonia de opções. Procure variar o máximo possível as opções de lanches, as cores e os sabores para que a criança sinta prazer e desperte nela o desejo de comer;

– Cuidado com lanches que vão queijos, frios, requeijão, ou iogurtes, ou produtos que necessitem de refrigeração. São alimentos fáceis de estragar e dificilmente as escolas têm um refrigerador para armazenar o lanche;

– Sempre coloque uma fruta na lancheira. Mas deixe  que a criança participe dessa escolha. Se rejeitar, escolha frutas que não estragam com facilidade e envie junto na lancheira. Se a criança não comer no lanche da escola, ela comerá em uma outra oportunidade;

– Sempre pergunte sobre os lanchinhos dos colegas. Assim ficará mais fácil identificar quando o seu filho comeu o que você não esperava.  As trocas de lanches escolares são comuns, mas para crianças com obesidade isso pode agravar o ganho de peso;

 – Além da fruta é necessário levar uma opção de carboidrato que é responsável pela energia. Coloque na lancheira pães, ou bisnaquinha , ou barras de cereais, ou biscoitos. Dê sempre preferência aos integrais, pois são ricos em vitaminas e minerais, ao contrário dos pães e biscoitos brancos, refinados.

– As geléias de frutas e polenguinho são boas opções para passar no pão, por não precisarem de refrigeração;

– Quando a opção for biscoitos ou bolachas, não colocar na lancheira o pacote inteiro. Sempre separe as porções de 4 a 5 biscoitos para não correr o risco da criança ultrapassar a quantidade adequada;

– Orientar a criança em relação a compra de lanches salgados na cantina. Que a preferência seja pelos assados, evitando as massas folhadas e frituras. O pão de queijo,  esfiha e torta salgada são melhores opções do que as frituras.

– Sempre coloque uma garafinha de água na mochila. As crianças precisam beber água. 

– Os achocolatados possuem muita gordura e açúcar. Evite colocá-los todos os dias na lancheira.

Lembre-se que cada criança tem uma necessidade energética diferente e, em alguns casos, patologias específicas que necessitam de uma alimentação diferenciada. Sempre consulte um Nutricionista para saber a melhor opção no caso do seu filho. 

Dica: Existem marcas interessantes de produtos naturais. É possível  encontrar  sugestões saudáveis e gostosas.  Não esqueçam de ler o rótulo e a composição dos alimentos que você dá à sua família.

Sal X Saúde

 
O sódio presente na dieta tem sido associado com a hipertensão, gerando diversas discussões em relação a seu consumo. De acordo com estudo recente realizado na Austrália, a população adulta consome uma quantidade de sódio acima do recomendado, proveniente principalmente do sal adicionado aos alimentos. De acordo com os resultados, campanhas de saúde pública devem ser realizadas para incentivar a redução do consumo para todas as faixas etárias e grupos populacionais. O consumo elevado de sal é preocupante entre a população infantil como pode ser observado em estudo recente, o qual avaliou a relação existente entre alimentos ricos em sódio e a pressão arterial de escolares.  O consumo médio de sal na população em estudo foi maior do que o recomendado na literatura. Os salgadinhos de pacotes (snacks,doritos,cheetos,etc), têm uma quantidade absurda de sal e habituam as crianças a consumirem elevadas quantidades desse condimento.Sendo assim o controle de sal e de alimentos ricos em sódio deve ter início na infância, evitando alterações na pressão e prejuízo na saúde.

Alimentos Funcionais na Infância:

Proteção para toda a vida! Mas o que são alimentos funcionais?

São alimentos que além de preencherem funções nutricionais, ainda apresentam características que interferem beneficamente nas funções do organismo.
Novos estudos mostram os benefícios dos alimentos funcionais na infância. Os alimentos funcionais são conhecidos há bastante tempo, mas só recentemente as pesquisas relacionaram ao universo infantil. Novos estudos mostram que o tomate e a soja, por exemplo, seriam capazes de evitar doenças na fase adulta e garantir um crescimento e desenvolvimento melhor na infância.

“Se a criança tem uma alimentação equilibrada e os funcionais são introduzidos precocemente, é possível dizer que você está minimizando o risco de aparecimento de algumas doenças, como problemas com colesterol e diabetes”
A criança precisa de variedade no prato para estar bem nutrida e ser saudável e os funcionais vêm para somar. São benéficos para toda a família. Gestantes, por exemplo, podem tirar proveito desse tipo de alimento, já que alguns beneficiam o desenvolvimento cerebral do bebê.

Confira quais são os mais indicados para as crianças
Probióticos e prebióticos:
O primeiro trata da adição de microrganismos vivos em um alimento, como o leite fermentado, que favorece o funcionamento do intestino. Os prebióticos servem de alimentos para bactérias que fazem bem ao nosso organismo. São formulados com ingredientes de alguns vegetais como chicória, banana, alcachofra. Ambos melhoram a absorção do cálcio, são importantíssimos para o nosso sistema imunológico, evitam constipação e diarreia. Para saber quais são esses produtos, consulte as embalagens de iogurtes e leites fermentados.

Ômega 3
É responsável pelo desenvolvimento do sistema nervoso e da retina. Tanto crianças quanto adultos devem comer peixe pelo menos três vezes por semana. São fontes ricas os de água fria, como sardinha, atum e salmão.

Grãos integrais e talos
Ambos contêm muita fibra alimentar. Os grãos, apesar de não serem considerados alimentos funcionais por não terem uma função nutricional específica, evitam a constipação intestinal. Vale adicionar farinha de linhaça ou aveia para preparar alguns pratos e comprar pão integral.

Soja
Novas pesquisas mostram que o consumo de soja na infância reduz as probabilidades de aparecimento de câncer de mama.

Azeite de oliva
No molho de tomate ou na salada, o azeite tem o poder de reduzir o LDL, o colesterol ruim.

Tomate
O licopeno é o pigmento que dá a cor avermelhada à fruta. Quanto mais vermelho for o tomate, maior é a quantidade da substância. Além do benefício contra doenças cardiovasculares, reduz a incidência de câncer de próstata na fase adulta.

Cebola e alho
Os antioxidantes desses alimentos agem neutralizando os radicais livres em excesso, formados a partir de células de nosso corpo.

Frutas vermelhas e cítricas
Comprar amoras e mexericas mais vezes na semana. As cítricas reduzem o risco de câncer, e as vermelhas ajudam a diminuir o LDL, o colesterol ruim. Sirva três porções por dia a seu filho. Quando aquecidas, perdem parte das funções nutricionais e funcionais.

Fonte: Revista Crescer

É importante que todos os nutrientes estejam presentes na alimentação das crianças

Os hábitos saudáveis deveriam estar presentes na vida de todas as pessoas, e no caso das crianças, devem ser ensinados desde cedo e adequados à alimentação infantil. De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), é aconselhável que o bebê seja alimentado exclusivamente com leite materno até os seis meses de idade, e após este período a alimentação deve ser reforçada com frutas, verduras e legumes.
“A introdução de alimentos sólidos na dieta deve ser iniciada com frutas, depois cereais, seguida por carne, gema de ovo e, ao final do primeiro ano, já deve incluir a comida feita em casa.

Alimentação Saudável=Criança Saudável

Sinais de saúde na criança

Crescimento adequado,
Funcionamento regular do intestino,
Bom apetite,
Dentes fortes e saudáveis,
Boa imunidade,
Peso adequado,
Disposição para brincar,
Dormir bem e acordar bem,
Pele corada
Cabelos e unhas saudáveis.

 

 Combinações de Alimentos

Algumas combinações de alimentos, não são aconselháveis, tais como:

amidos com limão  a acidez do limão impede a ação da ptialina, enzima contida na saliva, que atua principalmente sobre o amido.

Refeições salgadas com carnes, feijão e outros alimentos ricos em ferro e alimentos lácteos. Ex.: a mãe que oferece como sobremesa danoninho, iogurt, todinhos, etc, não está favorecendo seu filho. Os alimentos lacteos devem ser oferecidos longe das refeições principais. O cálcio desses alimentos, impede a absorção do ferro, o que pode causar anemia nas crianças. Outro exemplo são os sanduíches de carne (hamburger com queijo).

Por outro lado, a vit C, favorece a absorção desse mineral. Portanto 100ml de suco de laranja ou outra fruta cítrica é aconselhável ao final da refeição.

 

Café da manhã – Obrigatório

Estudos mostram que as crianças que consomem o café da manhã ficam mais despertas e aprendem mais do que aquelas que não tem o hábito de se alimentar nas primeiras horas do dia. Pais: o exemplo é fundamental! Se você não se alimenta pela manhã, a chance de seu filho repetir este (mau) hábito é maior. E lembre-se: você também precisa do café da manhã.
Dicas para um café da manhã rápido e saudável:

• Cereais que podem ser adicionados ao leite, ou iogurte, ou frutas;( granola, aveia)
• Sanduíches com pão integral e queijo ( o pão integral é muito mais nutritivo e saudável que o pão branco);
• Frutas;
• Salada de frutas;
• Vitamina de frutas e/ou vegetais;
• Biscoito com requeijão. 

Outros benefícios do café da manhã

Estudos sugerem que o consumo regular do desjejum pode:

– reduzir o risco de obesidade e colesterol alto;
– diminuir a resistência à insulina (condição que aumenta o risco de diabetes tipo 2 e doenças cardiovasculares);
– aumentar o consumo de nutrientes essenciais;
– melhorar a memória.

2 thoughts on “Informações Úteis para Crianças

  1. cristiana 07/10/2010 às 7:28 pm Reply

    Canso de dar Danoninho como sobremesa. Vou parar, minha filha está com anemia e não se alimenta bem e eu acabo fazendo suas vontades.

    • lenitamunhoz 08/10/2010 às 12:13 pm Reply

      Há varios tipos de anemia e seria bom consultar um profissional, para saber que tipo de anemia sua filha apresenta e qual o grau. O mais provável é que seja anemia por deficiência de ferro ou na alimentação ou na absorção desse mineral. Nesse caso, o ferro heme encontrado nas carnes, aves, peixes e fígado, é melhor absorvido pelo organismo do que o ferro não heme dos vegetais. Mas para isso também tem solução, acrescentando mais vegetais ricos nesse mineral (feijão,evilha, grão de bico), vegetais de folhas escuras (espinafre, bocolis, couve,tc) e aumentando a quantidade de vit.C que favorece a absorção do Ferro (laranja, limão, tangerina, goiaba, kiwi,etc). Só temos que estar atentos a evolução ou involução da anemia. Um abraço e obrigada por sua participação. Não esqueça, não dê sobremesas lácteas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: